Equipe Alpha – Parabéns aos Nossos Guerreiros

Por volta de 17:10 desse sábado (8), nossa equipe acompanhou socorristas do SAMU em um atendimento clínico.

Um senhor identificado como Adelar Antônio Bento da Silva de 53, motorista de caminhão que aguardava sua vez para carga/descarga em uma empresa localizada na Avenida Atílio Fontana no bairro Santa Rita, resolveu dar uma volta nas proximidades da empresa, quando sofreu um mal súbito, vindo a ter uma parada cardíaca.

Após o ocorrido, funcionários de uma empresa próxima, acionaram o SAMU, que rapidamente chegou no local com a equipe Alpha, composta pelo Doutor André Balliana, condutor Áthilla Carvalho e a enfermeira Samila.

Um trabalho sincronizado e com todo o profissionalismo, foi iniciado pela equipe Alpha o atendimento a vítima. Revezando a todo o momento a massagem cardíaca, o Doutor Balliana e o Condutor Áthilla Carvalho com apoio do condutor da equipe bravo Acácio, permaneceram cerca de 70 minutos os procedimentos de tentativa se reanimação.

Incansavelmente e com a esperança da vítima “voltar”, já que o mesmo não possuía sinais compatíveis com a vida, a esperança de sucesso era visívelmente transmitida pelo olhar dos profissionais. Cada minuto que passava as forças iam acabando, mas não a fé e a esperança dos socorristas. A equipe bravo foi acionado para dar apoio, chegando rapidamente no local, composta pelo Condutor Acácio e a
Técnica de enfermagem Ana Jéssica, o serviço de tirar o fôlego de quem acompanhava, foi ainda mais impulsionado.

Já se passavam 70 minutos de trabalho interruptos, e por várias vezes usado o desfibrilador, o pulso voltou, renovando imediatamente todas as esperança, continuando todo o procedimento que vieram repetindo durante mais de uma hora, a homem foi colocado na ambulância e encaminhado para o Hospital Regional do litoral, com apoio dos motociclista da GCM, que vieram abrindo o trânsito até a casa hospitalar o deslocamento da ambulância foi rápido e essencial.

Entregue aos cuidados dos médicos do HRL, a vítima de 53, profissional do volante, já estava com pulso forte e com sinais vitais. Ainda em estado gravíssimo, os procedimentos de praxe iniciaram então com todo o apoio dos equipamentos da UTI, e os socorristas retornaram para a base com a sensação de dever cumprido e a emoção de salvar uma vida.

 

Clique e veja o video: link

 

Fonte: www.facebook.com/cidadaoemacao/