Serviços

Definido pelo Ministério da Saúde : O Samu 192 , Central de Regulação Medico Sanitária das Urgências, faz parte da Política Nacional de Urgências e Emergências e tem como objectivo ajudar a organizar o atendimento na rede pública, prestando socorro à população em casos de emergência. Com o Samu 192, pretende-se reduzir o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

Histórico

O primeiro SAMU implantado, sem regulamentação, no Brasil foi na cidade de Campinas, através do médico coordenador José Roberto Hansen. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu, no ano de 2005, um total de 64.131 ocorrências; divididas em 21.722 com envio de ambulância do Samu e 42.409 com triagem médica para envio de transporte. O Samu, serviço administrado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem parceria com o Ministério da Saúde. O serviço pode ser acionado pelo telefone 192 e atende a três objetivos: atendimento a urgências e emergências médicas de qualquer natureza (tanto clínicas como traumáticas), a regulação do sistema de vagas de urgência e emergência em hospitais secundários e terciários por uma central 24h e educação em urgência e emergência.

O Serviço

O serviço é oferecido pelo governo federal brasileiro, em parceria com governos estaduais e prefeituras, com a finalidade de prover o atendimento pré-hospitalar à população.

As ligações são atendidas por telefonistas que anotam dados do local da demanda, emergência médica ou acidente. O caso então é passado ao médico que faz a regulação médica e este presta orientações relativas aos primeiros socorros e decide o tipo de a ser enviada (USA, USB ou VT). Nas cidades brasileiras onde o serviço é disponibilizado, o telefone para solicitá-lo é o 192 (ligação gratuita). As ambulâncias do SAMU são divididas em:

  • USA – Unidades de Suporte Avançado (UTIs móveis), usadas em casos mais graves.
  • USB – Unidades de Suporte Básico.
  • VT – Veículos de Transporte, são usadas em casos mais simples.
  • VIR – Veículo de intervençao rápida, são viaturas 4×4 (geramente pickups ou SUV) compostas por equipe médica e material para suporte avançado de vida, mais ágeis e com capacidade de acessar locais de difícil trânsito , onde a ambulância normal poderia demorar a chegar.
  • MOTOLANCIA: Veículos de intervenção rápida. Usada para fazer um pré-atendimento.
  • AMBULANCHA: Unidade de Socorro Aquático.
  • HELICÓPTERO: Unidade de Socorro aéreo.

No Litoral do Paraná o SAMU é administrado pelo CISLIPA com recursos Tripartites da União (MS/FNS), Estado do Paraná (SESA) e dos 07 Municípios Consorciados.

Também estão no PLAT/PLACIC – Plano de Ações para o Exercício de 2015, os estudos de viabilidade e implantação de serviços em alta e média complexidade em saúde – com a implantação de serviços médicos especializados. Consultas e exames especializados.